Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010

Bizantino no Facebook

Miguel Oliveira

Cria o teu cart√£o de visita

tags:

publicado por bizantino às 23:06
link do post | comentar | favorito
Domingo, 23 de Agosto de 2009

Tarantino

¬† Sou f√£ incondicional dos filmes de Quentin Tarantino. √Č ac√ß√£o pura¬†e crua. Estou curioso para ver o novo filme ( Bastardos Ingl√≥rios ), de certeza que n√£o me vai desiludir. N√£o me esque√ßo da cena em que o Travolta e o Samuel v√£o resgatar uma divida e antes de matar os devedores ele recita um salmo do evangelho. Not√°vel.

 

 

http://www.meionorte.com/phylippe,quentin-tarantino-disponibiliza-cenas-de-novo-filme,85781.htmlhttp://www.meionorte.com/phylippe,clipe-de-bastardos-inglorios-novo-filme-de-quetin-tarantino,82239.htmlhttp://cinemaeafins.com/2008/10/poster-teaser-e-sinopse-de-inglorious-bastardsnovo-filme-de-quentin-tarantino/http://www.ipcdigital.com/br/Diversao-Cultura/Entretenimento/Tarantino-vem-ao-Japao-para-promover-novo-filme

 

O longa de Tarantino conta a hist√≥ria de um grupo de judeus americanos que vai √† Paris ocupada pelo ditador Adolf Hitler com a miss√£o de matar todos os nazistas que encontrarem no caminho. A inten√ß√£o do comando √© cometer um atentado sobre a alta c√ļpula do nacional-socialismo dentro de um cinema da capital francesa.

 


publicado por bizantino às 16:26
link do post | comentar | ver coment√°rios (1) | favorito
Sexta-feira, 7 de Agosto de 2009

Peter Greenaway

Peter Greenaway lidera o que de mais avan√ßado se cria em termos de tecnologia, efeitos especiais na televis√£o e cinema. Pouco conhecido talvez, os seus filmes s√£o caracterizados pelo extremo cuidado pelos cen√°rios, guarda roupa e bandas sonoras, usando¬† neste √ļltimo caso os grandes¬†m√ļsicos Michael Nyman ( O Piano), Meredhit Monk, Philipe Glass para compor as m√ļsicas dos seus filmes. Uma das suas obras primas √© o filme " O Cozinheiro, o Ladr√£o, sua Mulher e o Amante".

 

 

 

 

 

Outros filmes a não perder : " Os livros de Prospero" ; " M is for Man Mozart Music " ( uma fascinante história de como podia ter sido criado o homem ". Cada filme seu é sempre um épico, a não perder

Peter Greenaway - (5 de abril de 1942, Newport, Pa√≠s de Gales) √© um cineasta, autor e artista multim√≠diabrit√Ęnico.


publicado por bizantino às 00:14
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

Os reis da comédia - Monty Phyton

Para quem gosta de boa comédia e humor refinado nada como os grandes Monty Phyton.

 

And now for something completely diferent

 

 

 

 

 

 

 

 


publicado por bizantino às 17:35
link do post | comentar | favorito
Domingo, 26 de Julho de 2009

Continuando a busca pelos tesouros do cinema

Um dos meus realizadores contempor√Ęneos favoritos √© Jean Pierre Jeunet. Um dos seus √ļltimos filmes de grande qualidade foi " O maravilhoso mundo de √Āmelie". Para quem gostou aqui fica um aperitivo de um filme anterior que penso ser uma obra prima. Recomend√°vel para quem n√£o conhece¬†¬† - "Delicatessen" .

 

 

A melhor cena de sexo 

 

 

 

 

 

 

 

 

 A não perder !!!!!!!!

 

sinto-me:

publicado por bizantino às 01:07
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Julho de 2009

Hoje não se fala, vê-se cinema -Gato branco gato preto

 

 

√Č dif√≠cil encontrar algu√©m que ainda n√£o tenha visto este filme! Emir Kusturika no seu melhor!

Vi esta sinopse num blog dedicado ao cinema que me pareceu totalmente adequada:

"Era uma vez uma comunidade de exuberantes ciganos. Dois avós que julgavam estarem mortos, dois jovens apaixonados, uma senhora que queria vender a filha, um rapaz gorducho, um comboio roubado e desaparecido, um burro, um porco, dois gatos e uma fanfarra suspensa na árvore.

Misture, sacuda como quiser, de qualquer maneira. Quanto mais loucos formos, tanto melhor ser√° o final..."

Houve tempos em que o pessoal fazia sess√Ķes de cinema caseiro! Este filme era, sem d√ļvida, um dos eleitos.

Vejam o √ļltimo excerto, sen√£o vos fizer ir ver o filme v√£o ao sanat√≥rio

 

 

 

 

 

 

 

Duj Sandale

 

Pitbull Terrier

 

Cena do casamento

 

E, para terminar, uma das cenas mais c√≥micas do filme: A atra√ß√£o principal, do local de encontro l√° do s√≠tio, √© uma mulher gorda que canta e tira pregos, da madeira, com o c√ļ!

 

Ja volim te jos

 

 

 

publicado por bizantino às 23:43
link do post | comentar | ver coment√°rios (3) | favorito
Terça-feira, 14 de Julho de 2009

GUIA DO CINEMA

  Dicas para exploração do maravilhoso mundo do cinema em três etapas: Iniciação, intermédio, avançado

¬† Comecemos pela 1¬ļ etapa - Inicia√ß√£o: nesta 1¬ļ fase em diversos g√©neros aqui vai uma lista de filmes que despertar√£o o bichinho por esta maravilhosa arte. A vida apesar de um sopro √© bela.

 

Género Filme Realizador
L¬īamour Fabuloso mundo de Am√©lie Jean Pierre¬†Jeunet
  Delicatessen Jean Pierre Jeunet
  Gato Branco Gato Preto Emir Kusturica
Drama Volver / todos os filmes Pedro Almodover
  Cidade de Deus Fernando Meirelles
  21 Grams Alejandro Gonzalez
Comédia Em busca do Holly Graal Monty Phyton
  A vida de Brian Monty Phyton
  O sentido da vida Monty Phyton
  As férias do Sr. Hullot Jaques Tatti
  Um peixe chamado Wanda Charles Crichton

Westerns

(spaguetti os verdadeiros)

O bom, O mau e o vil√£o Sergio Leone
  Duelo ao sol Sergio Leone
Acção / acção pura e dura

Kill Bill

 (Triologia)

Quentin Tarantino
  Pulp Fiction Quentin Tarantino
  Natural Born KIllers Oliver Stone
  Fight Clube David Fincher
¬† Laranja Mec√Ęnica Stanley Kubrik
  Desperado Robert Rodriguez
Document√°rios Microcosmos Jean Pierre Jeunet
  Guerra do Iraque Werner Herzog
  Africa Werner Herzog

 

 

  Agora vamos à descoberta antes da próxima eatapa ( fase intermédia )

 

sinto-me:
m√ļsica: Banda sonora do filme Desperado

publicado por bizantino às 14:55
link do post | comentar | favorito
Domingo, 12 de Julho de 2009

FORUM DO CINEMA

  Este blog destina-se a todos os amantes do cinema, estando aberto a discussão, a novas ideias, projectos, história e principalmente revelar os cineastas e os filmes que tornam o  cinema pura magia.    

¬† Gostaria de indicar alguns filmes que penso serem essenciais para a descoberta desta arte. Para come√ßar e pelos cineastas contempor√Ęneos aconselhava o filme "Gato Branco Gato Preto" de Emir Kusturica. Simplesmente um hino √† vida. Outro percurso ¬†necess√°rio de fazer √© a dos fant√°sticos Monty Phyton e √† sua refinada com√©dia. Para uma viagem mais profunda as obras de Pasolini e Herzog.

  Aguardo ideias e comentários vossos.

P.S. Para quem se preocupa como anda o nosso mundo aconselhava a ver o document√°rio sobre a guerra do Iraque realizado pelo Werner Herzog.

m√ļsica: No Smoking band - Emir Kusturica

publicado por bizantino às 17:57
link do post | comentar | favorito
S√°bado, 5 de Agosto de 2006

Rainer Fassbinder - Cinema

Rainer Werner Fassbinder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Rainer Fassbinder e Jeanne Moreau
Rainer Fassbinder e Jeanne Moreau

Rainer Werner Fassbinder (31 de Maio de 1945, Bad W√∂rishofen ‚Äď 10 de Junho de 1982, Munique) foi um diretor de cinema e ator alem√£o, um dos mais importantes representantes da Novo Cinema Alem√£o.

Tabela de conte√ļdo

[esconder]

Biografia

Nasceu em Bad Wörishofen, uma cidade da Baviera. No início de sua carreira, fez não só 43 filmes (incluindo 2 curtas e Berlin Alexanderplatz de 15 1/2 horas ), mas também trabalhou como ator (cinema e teatro), cameraman, compositor, designer de produção, editor de cinema, produtor de cinema e administrador de teatro.

O sucesso prodigioso de Fassbinder no cinema é legendário. Fez, em média, um filme a cada 100 dias. Sua disciplina intensa e energia criativa fenomenal ao trabalhar faziam contraste com os excessos de relacionamentos destrutivos da sua vida pessoal com as pessoas que ele atraiu: atores (incluindo Kurt Raab e Hanna Schygulla), técnicos e cameramen (notavelmente Michael Ballhaus) e da mesma forma John Cassavetes).

Fassbinder morreu de uma overdose de drogas aos 37 anos. Há controvérsias se a overdose foi voluntária ou não. Sua morte é considerada um marco no fim do Novo Cinema Alemão.

Há uma biografia em inglês, Fassbinder: The Life and Work of a Provocative Genius escrita por Christian Braad Thomsen, traduzida por Martin Chalmers (ISBN 0-571-17842-1).

Maiores Trabalhos

Ano Título em alemão Título em inglês Meio
1969 Liebe ist kälter als der Tod Love Is Colder Than Death Filme
1969 Katzelmacher Katzelmacher Filme
1969 Götter der Pest Gods of the Plague Filme
1969 Warum läuft Herr R. Amok? Why Does Herr R. Run Amok? Filme
1970 Rio das Mortes Rio Das Mortes TV
1970 Whity Whity Filme
1970 Die Niklashauser Fahrt The Niklashausen Journey TV
1970 Der Amerikanische Soldat The American Soldier Filme
1970 Warnung vor einer heiligen Nutte Beware Of A Holy Whore Film
1971 Pioniere in Ingolstadt Pioneers in Ingolstadt Filme
1971 Der Händler der vier Jahreszeiten The Merchant Of Four Seasons Film
1972 Die bitteren Tränen der Petra Von Kant The Bitter Tears of Petra Von Kant Filme
1972 Wildwechsel Jail Bait (1972) Film
1972 Acht Stunden sind kein Tag Eight Hours Are Not A Day TV
1973 Welt am Draht World on a Wire TV
1973 Martha Martha TV
1973 Angst essen Seele auf Fear Eats the Soul Film
1974 Fontane Effi Briest Effi Briest Filme
1974 Faustrecht der Freiheit Fox and His Friends Filme
1975 M√ľtter K√ľsters Fahrt zum Himmel Mother K√ľsters' Trip to Heaven Film
1976 Ich will doch nur, dass Ihr mich liebt I Only Want You to Love Me TV
1976 Satansbraten Satan's Brew Film
1976 Chinesisches Roulette Chinese Roulette Film
1977 Bolwieser The Stationmaster's Wife Filme
1977 Eine Reise Ins Licht-Despair Despair Filme
1978 Deutschland im Herbst Germany In Autumn Filme
1978 Die Ehe der Maria Braun The Marriage of Maria Braun Filme
1978 In einem Jahr mit 13 Monden In A Year With Thirteen Moons Filme
1979 Die dritte Generation The Third Generation Filme
1980 Berlin Alexanderplatz Berlin Alexanderplatz TV
1980 Lili Marleen Lili Marleen Filme
1981 Lola Lola Filme
1982 Die Sehnsucht der Veronika Voss Veronika Voss Filme
1982 Querelle Querelle Filme
1975 Der M√ľll, die Stadt und der Tod Garbage, the City and Death Teatro

Bibliografia

Liga√ß√Ķes externas


publicado por bizantino às 15:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Agosto de 2006

Andrei Tarkovski

Andrei Tarkovski

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

(Redirecionado de Andrei Tarkovsky)

Andrei Arsenyevich Tarkovsky (ou Tarkovski) (–ź–Ĺ–ī—Ä–ĶŐĀ–Ļ –ź—Ä—Ā–ĶŐĀ–Ĺ—Ć–Ķ–≤–ł—á –Ę–į—Ä–ļ–ĺŐĀ–≤—Ā–ļ–ł–Ļ) (4 de abril de 1932, Sawraschje, perto de Moscou - 28 de dezembro de 1986, Paris) foi um dos mais criativos, inovadores e importantes cineastas advindos do cinema sovi√©tico. Seu cinema apresentava um car√°ter introspectivo, complexo e onde as quest√Ķes humanas eram sempre colocadas em primeiro plano.

Biografia

Filho do poeta russo Arseni Tarkovski, autor de muitos dos poemas recitados em seus filmes, nasceu em 1932. Tendo se formado em Geologia, abandona a profiss√£o para se dedicar ao cinema, iniciando sua carreira ao entrar no Instituto Central de Cinema da URSS (VGKI) em 1956. Em 1960 dirige seu primeiro filme de longa metragem (O Violino) e em 1962 ganha o Le√£o de Ouro do Festival de Veneza com o seu segundo trabalho, A Inf√Ęncia de Ivan.

Com o ambicioso filme Andrey Rublev (1966), sobre a vida do famoso pintor russo, o realizador apresenta características que formariam a base principal de seu cinema: intimista, conciso e com boa atenção para com os detalhes.

Em 1972 lan√ßa Solyaris, um complexo filme misto fic√ß√£o cient√≠fica e drama existencial, com discretas cita√ß√Ķes do filme 2001 de Stanley Kubrick. Esse filme √© considerado por muitos seu melhor trabalho.

Seus filmes posteriores, O espelho (1974), filme com altos traços autobiográficos e principalmente Stalker (1979), apesar de apresentarem a boa qualidade do diretor, são prejudicados pela forte censura existente na URSS.

Desiludido com o controle exercido sobre o seu trabalho, Tarkovski decide sair da URSS em 1983. Nesse mesmo ano lança Nostalgia. Ainda, depois de Nostalgia, filmaria O Sacrifício.

De personalidade irritadiça e muitas vezes angustiada, o realizador sempre recusou qualquer tipo de influência e controle sobre o seu trabalho.

Morreu em Paris em conseq√ľ√™ncia de um c√Ęncer na garganta em 1986.

Filmografia

Liga√ß√Ķes externas


publicado por bizantino às 16:49
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Bizantino no Facebook

. Tarantino

. Peter Greenaway

. Os reis da comédia - Mont...

. Continuando a busca pelos...

. Hoje não se fala, vê-se c...

. GUIA DO CINEMA

. FORUM DO CINEMA

. Rainer Fassbinder - Cinem...

. Andrei Tarkovski

.arquivos

. Novembro 2010

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Agosto 2006

. Julho 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Assim vai o nosso mundo

. Serra da Freita

.links

.visitas

Website counter

.subscrever feeds